Arquivo

Posts Tagged ‘vão cães acesos pela noite’

[DEUS]

Março 21, 2010 Deixe um comentário

Senhora ao peito, hóstia na boca

cantam as mães virgens de deus
recolhem as flores aos mortos

as botas cardadas cabeças de cristo

benzem as orelhas uns nos outros
já a merda fere devotos no cu,

ficam puros entre os irmãos
a matrícula fria nos pescoços,

chegam raivosos queimados nos altares,
vão com o dia defuntos ao terço

dias inteiros,

como deus caísse.

E deitam-se de peito a escutar,

descobrem no cu o buraco de deus.

[Alexandre Nave, in Vão Cães Acesos pela Noite]

Anúncios

[IRMÃOS]

Fevereiro 2, 2010 1 comentário

Maninhos pelos dentes vão de corpo,

avançam por cortiços de rapazes,

o uniforme descosido ao corpo
o cantil à fronte, as camisas no peito

abrem decessos, dão alvíssaras,

abraçam-se atirados às paredes,

descem por escadas de cal,
irmãos no silêncio das fardas.

[Alexandre Nave, in Vão Cães Acesos pela Noite]

%d bloggers like this: