Início > poesia > As folhas das árvores não se suicidam…

As folhas das árvores não se suicidam…

As folhas das árvores não se suicidam, para cair levam todo o tempo que é preciso — e no chão ainda bailam se é Outono e o vento as convida.
Os animais não são muito dados a tais excessos, nem suicidas nem bailadores.
Os homens é o que se sabe.
Mas tu, Senhor, tiveste a morte resignada e porventura sábai dos velhos que duram muito para além do razoável, quando já nada na vida faz sentido e eles tão-pouco — e eles menos ainda — e quanto menos sentido fazem mais à vida se agarram.

[Rui Caeiro, Olhar o Nada, Ver a Deus, Averno, 2003]
Anúncios
Categorias:poesia Etiquetas:
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: