Início > poesia > 17 RESPOSTAS POSSÍVEIS À PERGUNTA (BASTANTE ESTÚPIDA, ALIÁS) «QUAL É O TEMA DA SUA POESIA?»

17 RESPOSTAS POSSÍVEIS À PERGUNTA (BASTANTE ESTÚPIDA, ALIÁS) «QUAL É O TEMA DA SUA POESIA?»

para o Miguel Martins

É sobre os problemas de auto-estima das bonecas insufláveis.

É sobre a vantagem das navalhas em relação às máquinas de barbear.

É sobre os efeitos da nicotina no acasalamento de lagartixas.

É sobre Super Bock, Famous Grouse e, em dias melhores, Glenlivet.

É sobre as ruas de Lisboa, quando as acho suficientemente tristes.

É sobre o nada, minha única «matéria» (Drummond).

É sobre tremoços, amendoins e Domenico Scarlatti.

É sobre as alterações climatéricas no Bairro da Serafina.

É sobre gatos mortos e outros que ainda não morreram.

É sobre os seios de Jeanne Hébuterne e as mãos de Glenn Gould.

É sobre o bife de lombo à portuguesa do Trivial e os filetes de polvo do Apuradinho.

É sobre política internacional, obviamente.

É sobre a cona da tua mãe, leitor.

É sobre a minha vida, que nunca daria uma telenovela.

É sobre Copenhaga, Barcelona, Madrid, Paris e Celorico da Beira.

É sobre cáries dentárias, fundamentalmente.

É sobre coisas que preferia ter calado.

M.F.
Trivial, 7.05.2010, depois de meia garrafita de Monte Velho tinto

Post roubado ao Miguel Martins, a quem foi dedicado este poema inédito.

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: