Início > poesia > [DEUS]

[DEUS]

Senhora ao peito, hóstia na boca

cantam as mães virgens de deus
recolhem as flores aos mortos

as botas cardadas cabeças de cristo

benzem as orelhas uns nos outros
já a merda fere devotos no cu,

ficam puros entre os irmãos
a matrícula fria nos pescoços,

chegam raivosos queimados nos altares,
vão com o dia defuntos ao terço

dias inteiros,

como deus caísse.

E deitam-se de peito a escutar,

descobrem no cu o buraco de deus.

[Alexandre Nave, in Vão Cães Acesos pela Noite]

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: