Início > poesia > …Que outonos non son outonos,

…Que outonos non son outonos,

…Que outonos non son outonos,

son pasadoiros do tempo

onde se recollen folgos

nas follas que leva o vento

e onde se atrapan ensoños

para combater os medos”.

[Mero Iglesias, in Na Lonxitude do Tempo]
____

…Os outonos não são outonos,

são caminhos do tempo

onde se colhe vida

nas folhas que o vento leva

e onde se capturam sonhos

para combater os medos”.

Anúncios
Categorias:poesia Etiquetas:
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: