lá fora anoitece

estou sentado a uma das secretárias da minha vida. vejo daqui a imagem do jardim. ouço Alice de Bernardo Sassetti, depois de ter estado sentado no sofá, em frente a esta secretária, ouvindo José Peixoto e Chico Buarque.

enquanto sentado no sofá, estive lendo How It Was, de Anne Atik, sobre a vida comum desta e seu marido Avigdor Arikha com Samuel Beckett. leitura que vem de outros dias e prosseguirá por outros dias, apesar de ser um livro pequeno.

Samuel Beckett teria feito 103 anos no passado dia 13 de Abril. celebro, entusias-pasmado, esse momento, muitos dias da minha vida presente.

na lama na escuridão o rosto na lama as mãos não importa como algo aqui não corre bem a corda na mão todo o corpo não importa como é em breve como se ali naquele lugar apenas eu tivesse vivido sim vivido sempre

excerto retirado do livro “Como É”
trad. Maria do Carmo Abreu
Editora Ulisseia – 1969
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s