Início > posto móvel > bom dia, senhor doutor

bom dia, senhor doutor

bom dia, senhor doutor

Nos ouvidos, o Trent. Nos olhos, um peso enorme. No nariz, um comboio de cheiros sujos.

De regresso às manhãs de tantos assalariados. Neste novo ano, não os vejo mais contentes. O ano novo são umas horas de alegria virtual ou falsa, com jeito.

Canta o Trent que não se pode ajudar a si mesmo sem disciplina. O azar tem destas coisas transversais a uma maioria da sociedade.

A viagem avança, e eu fico sem garganta, não que me a tenham cortado, mas apenas os cheiros ácidos e sujos corroem depressa. Será agora que vou entrar no processo da gripe?

Indo, pouca terra, pouca terra, muito trabalho, muito trabalho, menos dinheiro, menos dinheiro.

Anúncios
Categorias:posto móvel
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: