Início > posto móvel > All alone

All alone

All alone

Enquanto corres sozinha, pelas vidas, olho-te qual espantalho olhando espantado o milho a crescer. Junto-me a ti na cegueira por um momento nosso. Os corvos falam-me da existência de paz e tentam ensinar-me o caminho – depois reflectem: és apenas um espantalho.

Esta imagem vulgar tem um significado alheio à primeira interpretação. No caso presente não é explicado que a figura do espantalho não está presa por vontade de terceiros.

Como não há lugar a explicações, considero curioso que os corvos não lhe tenham arrancado os olhos.

Anúncios
Categorias:posto móvel
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: